Assessora de Sérgio Moro fala sobre a Lava Jato: “a imprensa ‘comprava’ tudo”

https://theintercept.com/2018/10/29/lava-jato-imprensa-entrevista-assessora/

Anúncios

Brasil 247 | Seu jornal digital progressista, democrático, 24 horas por dia 7 dias por semana

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/375644/St%C3%A9dile-PT-errou-ao-n%C3%A3o-estimular-uma-educa%C3%A7%C3%A3o-cidad%C3%A3-para-os-pobres.htm

Não meu caro Stédile; nesse caso seria um erro dos governos petistas, aos quais não caberia dar direcionamento dos conteúdos curriculares. Aí sim, justificaria a suspeita de promover doutrinação nas escolas.

Os erros foram do PT enquanto partido. Em lugar de esperar que o governo cumprisse a função de educar politicamente a população, era o partido que devia arregaçar as mangas e fazê lo. Como? Em primeiro lugar, organizando sua própria comunicação, sua imprensa. Em lugar de concentrar esforços inúteis tentando regular a midia.

O PT abdicou da formação de seus militantes, do proselitismo para fazer o partido crescer nos setores beneficiados pelas politicas publicas do seu governo.

Quantos sem terra são petistas? Quantos dirigentes sindicais e de movimentos sociais são petistas? Aposto que o PT não tem e nem se interessou em obter esses números.

Era preciso fazer a clara distinção entre o que seria tarefa de governo e tarefa de partido.

Erros que, por sinal, persistem no partido dos trabalhadores.

Brasil 247 | Seu jornal digital progressista, democrático, 24 horas por dia 7 dias por semana

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/375644/St%C3%A9dile-PT-errou-ao-n%C3%A3o-estimular-uma-educa%C3%A7%C3%A3o-cidad%C3%A3-para-os-pobres.htm

Não meu caro Stédile; nesse caso seria um erro dos governos petistas, aos quais não caberia dar direcionamento dos conteúdos curriculares. Aí sim, justificaria a suspeita de promover doutrinação nas escolas.

Os erros foram do PT enquanto partido. Em lugar de esperar que o governo cumprisse a função de educar politicamente a população, era o partido que devia arregaçar as mangas e fazê lo. Como? Em primeiro lugar, organizando sua própria comunicação, sua imprensa. Em lugar de concentrar esforços inúteis tentando regular a midia.

O PT abdicou da formação de seus militantes, do proselitismo para fazer o partido crescer nos setores beneficiados pelas politicas publicas do seu governo.

Quantos sem terra são petistas? Quantos dirigentes sindicais e de movimentos sociais são petistas? Aposto que o PT não tem e nem se interessou em obter esses números.

Era preciso fazer a clara distinção entre o que seria tarefa de governo e tarefa de partido.

Erros que, por sinal, persistem no partido dos trabalhadores.