Lava Jato: Moro e a Polícia Federal trataram inocentes como culpados e agora União vai ser processada

A lata jato suja mais do que lava.

Luíz Müller Blog

Na Lava Jato, a PF e Moro tratam todos como culpados, embora sem julgamento e muitas vezes sem provas. Pois apesar da grotesca e medieval atitude de Moro e da PF, eis que há pessoas tão inocentes que o Moro teve que inocentá-los. Mas antes foram tratados como bandidos. Isto mostra que há uma farsa midiática por trás da tal Lava Jato. E mostra também que ações deste tipo deveriam correr de acordo com o que prescreve a lei: sob segredo de justiça. Mas não foi a primeira vez. Luiz Gushiken passou pelo mesmo processo de julgamento em praça pública. Foi acusado, condenado e defenestrado por juízes, policias e pela mídia golpista, sem escrúpulos. Seus advogados provaram sua inocência, mas só depois de sua morte, acelerada com certeza pelo processo calhorda e pelo julgamento em praça pública, promovido pela mídia a época do tal “mensalão” criado pela mesma mídia. Da…

Ver o post original 480 mais palavras

Fomentando a crise

Nas últimas semanas, temos sido sobressaltados por novas tentativas, dentro do Congresso Nacional, de introduzir mudanças na legislação que regula a exploração do pré-sal, uma das maiores reservas de petróleo do mundo, recentemente descoberta pela Petrobras em águas territoriais brasileiras. O principal objetivo dessa iniciativa, ao que parece, é eliminar a participação obrigatória da Petrobras em todos os processos de extração de petróleo nessas reservas, estipulada em 30%. Há quem levante a hipótese de que toda a investigação conduzida no âmbito da Operação Lava-Jato da Polícia Federal, que desnudou um esquema de propinas e desvios dentro da Petrobras, acabe servindo para fundamentar a defesa dos argumentos em favor dessas mudanças propostas na legislação que está em vigor. Pode ser um exagero, mas soa plausível.

A “crise” na Petrobras, decorrente desse ambiente de suspeição e corrupção que resultou da descoberta do esquema de desvios e propinas, alimentou as expectativas daqueles que…

Ver o post original 799 mais palavras

Intolerância

Os homens não são meus semelhantes, são aqueles que me olham e me julgam; meus semelhantes são os que me amam e não me olham, que me amam contra tudo, que me amam contra a decadência, contra a baixeza, contra a traição, a mim e não ao que já fiz ou farei, que me amariam tanto quanto eu me amaria a mim mesmo —

André Malraux, A Condição Humana

 

Já li matérias sobre estudos científicos que comprovam que nós, seres humanos, nascemos com empatia. Assisti a um vídeo, inclusive, de um psicólogo britânico (cujo nome não me recordo, infelizmente) que fazia testes de empatia com bebês recém-nascidos e demonstrava o quanto essas criaturinhas manifestavam reações e atitudes de acordo com os estímulos recebidos. Era impressionante. Ao mesmo tempo, ele procurava explicar que o processo de socialização que sofremos pode nos privar em parte ou por completo dessa…

Ver o post original 770 mais palavras